Sexta-feira, 11 de Junho de 2010

 A ida à  Figueira da Foz

No dia 9 de Junho de 2010 a escola de Cabanas de Viriato,a de Beijós, a de Sobral a de Pardieiros.

 Quando chegamos à Figueira o autocarro parou ao pé da fábrica das conservas para irmos para os salinas para vermos como se fazia o sal, vimos também o múseu do sal onde provamos o sal. Depois vimos um filme sobre como nascia o sal.

Depois fomos passear pela praia. A seguir fomos para o parque almoçar depois de almoçar fomos ao jardim Zoologico e vimos macacos, cangurus, papagaios, zebras, lamas, bufos-reais, porco espinho, tigres, gansos, avestruz, pavões, guaxinim, cabras, porco espinho porcos de vietnam, veados,bodes  etc...

  Depois fomos ao castelo,havia lá uma igreja onde estavam lá pessoas enterradas no chão. Vimos  por um  telescopio e depois viemos para casa.

 

 

Beatriz Fernandes

publicado por eb1beijos às 10:01
link do post | comentar | | | favorito

Terça-feira, 8 de Junho de 2010
publicado por eb1beijos às 10:19
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

publicado por eb1beijos às 09:40
link do post | comentar | | | favorito

publicado por eb1beijos às 09:39
link do post | comentar | | | favorito

No dia 3 de Maio, a Escola Básica 1,2,3 de Cabanas de Viriato, sede do nosso agrupamento, festejou o dia do Patrono, Aristides de Sousa Mendes. Também foi festejado o 10º aniversário do Agrupamento. Foi em 3 de Maio de 2000 que foi atribuído o nome deste ilustre personagem à EBi. Os alunos desta escola foram assistir às actividades da parte da tarde, com o visionamento de algumas cenas de um filme sobre Aristides de Sousa Mendes. Vimos exposições de trabalhos sobre o tema e aprendemos um pouco mais sobre esse Grande Homem.

publicado por eb1beijos às 09:31
link do post | comentar | | | favorito

Terça-feira, 23 de Março de 2010
publicado por eb1beijos às 14:29
link do post | comentar | | | favorito

publicado por eb1beijos às 14:25
link do post | comentar | | | favorito

publicado por eb1beijos às 14:24
link do post | comentar | | | favorito

 

Era uma vez uma nuvem curiosa que queria saber para o que servia. E perguntava às outras nuvens mais velhas:

-Para quê eu sirvo?

-Ainda és muito nova. Responderam as nuvens mais velhas.

A nuvem era muito curiosa e queria saber para o que servia e por isso ela olhou cá para baixo e viu umas crianças a brincar com um balão.

-Já sei o que vou ser, vou ser um balão! Disse a nuvem.

Então esticou um braço, esticou o outro, esticou uma perna, esticou a outra e transformou-se num balão.

Mas entretanto ouviu uma voz:

-Meninos venham para cá para dentro, está a ficar de noite. Disse a mãe dos meninos.

Ao fim destas palavras os meninos pegaram no balão e foram para casa com ele.

 A nuvem ficou sozinha e triste e por isso voltou à forma normal.

A nuvem triste olhava para baixo e de repente ouvi um avião.

E a nuvem disse:

-Já sei o que eu quero ser, um avião.

A nuvem esticou um braço, esticou o outro, esticou uma perna esticou, a outra e transformou-se num avião.

 Mas o avião como andava muito rápido desapareceu e como a nuvem andava devagar disse:

-Não tem piada nenhuma ser avião.

 E a nuvem voltou ao normal. Olhou novamente e viu uns meninos a brincar com uma borboleta. E a nuvem disse:

-Já sei o que eu quero ser, uma borboleta.

Então esticou um braço, esticou o outro, esticou uma perna, esticou a outra e transformou-se numa borboleta.

 Passado algum tempo a borboleta foi se embora, e a nuvem disse:

- Não tem piada ser uma borboleta, elas lá em baixo podem andar de flor a flor e eu cá em cima não posso andar de flor a flor.

E a nuvem voltou ao normal.

De repente escureceu e olhou para o céu e viu as estrelas.

 A nuvem disse:

-Já sei o que eu vou ser, uma estrela.

Ao fim disto esticou um braço, esticou o outro, esticou uma perna, esticou a outra e a nuvem transformou-se numa estrela.

Mas a nuvem pensou: as pessoas se vêem as estrelas a mim também me devem ver.     

Mas viu que ninguém estava a olhar para a nuvem e disse:

- As estrelas brilham e eu nem sequer brilho.

E por isso voltou à forma normal e ficou triste.

Mas olhou outra vez e viu uma lua e pensou: a lua pode mudar de forma quando lhe apetecer.

-Já sei o que vou ser, uma lua. Disse a nuvem.

 Então esticou um braço, esticou o outro, esticou uma perna, esticou a outra e transformou-se numa lua.

Mas o dia apareceu e a lua desapareceu e a nuvem disse:

-Não tem piada ser lua.

Então como estava muito triste começou a chorar. Mas lá em baixo como já não chovia há muito tempo as flores nasceram e a nuvem já sabia para o que ela servia.   

 

 

       Mariana e Beatriz

publicado por eb1beijos às 14:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | | | favorito

publicado por eb1beijos às 14:05
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


últ. comentários
muito bonito a historia
Esta é cá das minhas! Micas10Beijos do Beijoz XXI
Queridos amigosFeliz Natal para todos vós.Beijinho...
Feliz NataleBom Ano 2010.
esta mariana tem umas ideias fantásticas, imagina ...
Parabéns pela criação deste Blogue.Faço votos de m...
Olá professora Paula Nunes, obrigada por ter manda...
Penso que me enganei nos meninos. Os banquinhos fo...
FIQUEI CONTENTE COM A VOSSA PÁGINA. ESTÁ MUITO BON...
Estou muito contente por terem aderido a esta ferr...
arquivos
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro